Entrar

  • Categoria Asfalto
  • Acessos: 370
  • Imprimir, Email

Largada Marcas * Foto: Alex Zuotoski / Zpeed

O domingo (19/4) foi de sol e chuva em Curitiba, durante as provas da segunda etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2015, com bons “pegas” no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC).

A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, Turismo 1.6 “A” e “B” e Turismo 5000, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

- Marcas -

                Na largada da primeira prova das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, que aconteceu às 10h05, com os 21 carros dando show de pilotagem na pista molhada onde Ruslan Carta Filho largou na pole position, seguido de perto por Davi Dal Pizzol, Valmor Emílio, Thiago Oliveira, Jorge Martelli, Toninho Espolador, Adriano Rabelo, Eduardo Pavelski, Ernani Kuhn e Gefferson de Lima. Na primeira volta Davi Dal Pizzol assumiu a liderança, seguido de perto por Ruslan Carta Filho e Valmor Emílio. Martelli, que largou em quinto liderou da sexta à 11.ª volta e Rafael Bastos que largou da 12.ª posição, assumiu a liderança na 12.ª volta para não mais perdê-la. Ao fim de 16 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Rafael Bastos, com tempo total de 34min32s523, seguido de Beto Cazuni, a 1s995, Davi Dal Pizzol, a 2s187, Thiago Oliveira, a 3s566, Valmor Emílio, a 4s072, e, Ruslan Carta Filho, a 5s896. Na Marcas “B” venceu Ernani Kuhn, no tempo total de 34min38s910, com Richard Heidrich em segundo, a 2s438, Cleiton de Campos em terceiro, a 6s673, Gefferson de Lima em quarto, a 13s369, e, Lúcio Seidel em quinto, a nove voltas. E na Marcas Sênior, vitória de Karl Rauscher, com tempo de 34min46s360, vindo a seguir Algacir Sermann, a 0s321, Celso Mancia, a 3s067, e em quinto Elberto Alves, a 24s554.

                A segunda prova das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior aconteceu às 14h20, também muito disputada, com James Ramos largando na frente e manteve a ponta da prova na primeira volta, seguido de Davi Dal Pizzol, Andrei Carta, Beto Cazuni, Thiago Oliveira e Adriano Rabelo. Na segunda volta Davi Dal Pizzol assumiu a liderança, vindo a seguir Andrei Carta, James Ramos e Beto Cazuni. Na quinta volta Andrei Carta assumiu a liderança para não mais perdê-la. Boa corrida de Alexandre Frankemberger, que largou da 13.ª posição e chegou em terceiro lugar. Após 20 voltas, vitória de Andrei Carta na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 33min51s433, seguido de Davi Dal Pizzol, a 1s330, Alexandre Frankemberger, a 25s839, Luiz Filgueiras, a quatro voltas, Thiago Oliveira, a sete voltas, e, Beto Cazuni, a sete voltas. Na Marcas “B” venceu Richard Heidrich com tempo total de 34min17s538, com Ernani Kuhn em segundo, a 25s161, Gefferson de Lima em terceiro, a 42s242, Lúcio Seidel em quarto, a 47s971, e, Cleiton de Campos em quinto, a 48s566. E na Marcas Sênior, vitória de Celso Mancia, com tempo de 34min32s533, vindo a seguir Algacir Sermann, a 4s256, Jair Bana, a 6s283, Elberto Alves, a 21s897, e, Karl Rauscher, a 41s878. A volta mais rápida das provas realizadas foi de Davi Dal Pizzol, na 6.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1min40s650, à média de 132,161 km/h.

- Turismo 1.6 -

                As categorias Turismo 1.6 “A” e “B” reuniram 14 carros, que foram para a primeira corrida às 11 horas, muito disputada Beto Baú largando na pole position e disparando na frente, seguido de perto por Andrei Carta. Com isso, a “briga” ficou para a terceira, quarta e quinta posições, entre Edson Bueno, Niju Júnior, Wilians Peres e Rafael Lupatini. Ao fim de 16 voltas, vitória de Beto Baú na Geral e na Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 35min05s248, seguido de Andrei Carta, a 4s053, Rafael Lupatini, a 16s660, Carlos Vaz, a 1min02s923, e Hag Schultz, a duas voltas. Na Turismo 1.6 “B”, vitória de Edson Bueno, com tempo de 35min20s150, com Niju Júnior em segundo, a 3s645, Wilians Peres em terceiro, a 4s052, José Pederneiras em quarto, a 27s502, Rafael Barranco em quinto, a 27s979, e, James Schewertner em sexto, a 53s374.

                Com pista seca, as categorias Turismo 1.6 “A” e “B” foram para a segunda corrida às 15h20, com o pole position Rodrigo Kostin mantendo a posição na largada e na primeira volta estava seguido de Ruslan Carta Filho, Alexandre Frakemberger, Edson Bueno, Niju Júnior e Wilians Peres. Na segunda volta Ruslan Carta Filho foi superado por Alexandre Frankemberger, que assumiu a posição e passou a tirar diferença do líder Rodrigo Kostin. Nas quatro últimas voltas, grande “pega” entre Rodrigo Kostin e Alexandre Frankemberger pela primeira posição, mas o líder conseguiu manter a posição. Após 20 voltas, vitória de Rodrigo Kostin na Geral e na Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 34min38s357, seguido de Alexandre Frankemberger, a 0s527, Ruslan Carta Filho, a 6s829, Marcelo Cordeiro, a 17s563, e, Milton Vieira, a uma volta. Na Turismo 1.6 “B”, vitória de Roberto Nonato, com tempo de 34min52s500, tendo Edson Bueno em segundo, a 4s994, Niju Júnior em terceiro, a 14s586, Rafael Barranco em quarto, a 14s780, Willians Peres em quinto, a 16s321, e, José Pederneiras em sexto, a 36s626. Roberto Nonato marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 5.ª passagem da segunda corrida, com tempo de 1min43s0547, à média de 129,074 km/h.   

- Turismo 5000 -

                A categoria Turismo 5000 foi a única do Metropolitano de Curitiba a entrar na pista no sábado (18/4), com 10 participantes, que realizaram a primeira prova muito disputada. Na largada, Maurício Reuter manteve a liderança, seguido de perto por Armin Kliewer, Marco Aurélio Garcia, Anderson Andrade, Marco Antonio Garcia e Odair Costa Jr. Marco Antonio Garcia levou um drive throuch por ter queimado a largada, caindo para as últimas posições. Bom “pega” entre Maurício Reuter e Armin Kliewer do início ao fim da prova. Boa corrida de Márcio Reuter, que largou da sétima posição e chegou em terceiro. Depois de 15 voltas, vitória de Maurício Reuter na Turismo 5000, com tempo total de 24min03s389, seguido de Armin Kliewer, a 0s574, Márcio Reuter, a 11s623, Anderson Andrade, a 13s997, Odair Costa Jr, a 17s106, e em sexto lugar, Marco Antonio Garcia, a 22s559.

                Desta vez com pista seca, a segunda prova da Turismo 5000 teve seu grid invertido, como é regulamentar e Wanderlei Berlanda largou na pole position, seguido de Marco Antonio Garcia, Rubens Kliewer, Marco Aurélio Garcia, Odair Costa Jr e Anderson Andrade. Com os carros mais rápidos vindo de trás, a prova ganhou em emoção e Wanderlei Berlanda, que nunca havia disputado uma corrida em categoria alguma e deu passagem para os carros mais rápidos. Marco Antonio Garcia assumiu a liderança na largada e na primeira volta estava seguido por Marco Antonio Garcia, Odair Costa Jr, Márcio Reuter, Maurício Reuter e Richard Heidrich. Após 15 voltas, vitória de ponta a ponta de Marco Antonio Garcia, com tempo total de 24min03s103, tendo Maurício Reuter em segundo, a 6s197, Marco Aurélio Garcia em terceiro, a 10s649, Armin Kliewer em quarto, a 10s858, Anderson Andrade em quinto, a 12s551, e, Richard Heidrich em sexto, a 23s579. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Maurício Reuter, na 5.ª passagem segunda corrida, com o tempo de 1min35s027, à média de 139,981 km/h.

A terceira etapa do Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2015 está marcada para os dias 22, 23 e 24 de maio, no Autódromo de Londrina, no Norte do Estado, válida pela primeira etapa do Paranaense de Marcas e Pilotos 2015.

Texto: Bispo Neto / MRT – Marketing Racing Team
Foto: Alex Zuotoski / Zpeed

Avatar

Alex Zuotoski

Fundador do site Espaço Automotivo, BluWeb e mais recentemente do Portal Zpeed. Trabalho também com Serviços de Informática. Formatação, suporte, manutenção em softwares, antivírus, atualização de equipamentos (incluindo servidores), desenvolvimento de websites.
redes facebookredes facebook
redes facebookredes facebook
redes facebookredes facebook
redes google+redes google+
Adicionar Comentário
  • Nenhum comentário encontrado

Isso também pode te interessar

Entrar ou Registrar-se